Notícias quentes
Página Principal / Cuidados e Saúde / 5 maneiras de identificar se o seu cachorro está doente

5 maneiras de identificar se o seu cachorro está doente

O que preocupa muitos donos de pets é saber quando o seu cachorro está doente, já que ele não consegue se comunicar dizendo o que tem. Mas se você conseguir prestar atenção em sinais, isso poderá lhe ajudar. É importante não ignorar alguns sinais citado logo abaixo.

O cachorro não costuma ficar doente de uma hora para outra, por isso os sinais são importantes para remediar alguma doença, pois quanto mais rápido agir, melhores serão os resultados. Fique atento a essas dicas.

Seu cachorro está doente?

1-Perde de apetite: essa é uma das primeiras questões que você poderá observar. Se o seu cachorro perder o apetite repentinamente é porque algo não está bom em sua saúde. Se oferecer a sua ração favorita ou comida que ele gosta e ele negar, é porque ele não está bem. Isso porque sabemos o quanto gulosos são os cachorros e que algo não está bem se ele não comer.

2-Diarreia e vômitos: se verificar que seu cachorro está com diarreia acompanhado de vômitos é também um sinal de que ele pode estar doente. Isso pode ocorrer porque os cachorros gostam de comer tudo o que vê na frente, e neste caso podem ter comido algo que não lhe fez bem.

3-Quieto e triste: desconfie se o seu cachorro está muito quieto e triste em um canto. Principalmente se ele é um cachorro brincalhão você deverá ficar atento porque algo pode não estar bem com a sua saúde.

4-Sinais físicos: outra atenção que você deve ter é em relação aos sinais físicos. Pele irritada, caroços, tosse, queda de pelo, nódulos, fezes com sangue, entre outros. Estes são sinais físicos que podem mostrar que o seu cachorro está doente.

5- Perda de peso: observe também se o seu cão perdeu peso repentinamente. Algo também pode não estar bem.

Se você verificou alguns destes sinais, primeiramente não se desespere. O indicado é levar ao médico veterinário. Não tente você mesmo diagnosticar o que seu animal de estimação tem. O diagnóstico errado pode comprometer ainda mais a saúde do pet.

Sobre Angelica Weise

Jornalista freelancer. Mestranda na UFSM. Escreve sobre os mais diversos assuntos e ama seus pets.

Veja também

Como viajar com animais de estimação

Para que você saiba mais sobre como viajar com animais de estimação, entenda que esse …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *