Notícias quentes
Página Principal / Cuidados e Saúde / Cachorro sem fôlego para passeio? Atente para doença cardíaca!

Cachorro sem fôlego para passeio? Atente para doença cardíaca!

Conseguir perceber que o cachorro está com algum problema de saúde nem sempre é uma tarefa fácil. Principalmente doenças silenciosas como a cardíaca e a diabete canina. Por isso, é tão importante o diagnóstico. Mas no caso da doença cardíaca, alguns sinais simples podem ajudar no tratamento e melhoras do animal.

Entre os sinais, a tosse é uma delas. É bem fácil perceber. No caso, aqueles tutores que levam seus donos para passear, ao perceber que o cachorro tosse com frequência, ou ainda, sente fraqueza, e até desmaia, estes são sintomas perceptíveis de quase afirmar que o cão está com doença cardíaca e é necessário levá-lo ao médico veterinário. Isso porque os problemas cardíacos são uma das principais causas de morte de animais de estimação.

Demora no diagnóstico

Muitos dos sinais da doença cardíaca levam até algum tempo para serem diagnosticados. Até uma simples tosse não chega a assustar o tutor a ponto de achar que o seu cão está com doença cárdica, em consequência disso, quando a doença se apresenta ela já está em um estágio muito avançado.

Algumas raças também são mais propensas a males do coração. Um deles é Cockers spaniel, além de raças pequenas como  poodle, pincher e yorkshire. Mas isso não quer dizer que sempre vão apresentar problemas cardíacos. O estilo de vida destes animais também impacta no desenvolvimento da doença ou não.

Sintomas de doença cardíaca

Saiba alguns dos sintomas de doença cardíaca. Lembre-se, qualquer dúvida leve-o a uma consulta com o médico veterinário.

Tosse: esse é um dos sintomas típicos. Claro que nem sempre isso quer dizer que o animal esteja com doença cardíaca. Mas associado a outros sintomas é possível afirmar que a doença cardíaca pode ter afetado o cachorro.

Cansaço: qualquer brincadeira, ou caminhada, o cachorro se sente fraco, fadigado. Dependendo do animal, alguns chegam até perder o apetite e emagrecem.

Dificuldade em respirar: este é um sintoma bem comum. Isso porque os problemas cardíacos podem causar falta de ar, respiração acelerada e dificuldade para respirar.

Prevenção de doenças cardíacas em animais

Ao apostar na prevenção você como tutor tem a chance de descobrir mais cedo algum problema de saúde de seu animal, e assim ajudar no tratamento. Saiba algumas das prevenções:

Realização de exames com frequência: é fundamental que você realize todos os exames do pet com frequência. Principalmente se tiver alguma dúvida. Porque qualquer problema quanto antes diagnosticado, melhor o tratamento.

Alimentação adequada: evite principalmente os alimentos gordurosos ou com excesso de sal. Dê preferência às rações secas. É importante também que o animal tenha algum espaço para correr e brincar.

Prestar atenção do comportamento: e claro, preste atenção em comportamentos estranhos do seu cachorro. Essa é uma maneira de você levá-lo ao veterinário para realizar exames e assim ficar mais tranquilo!

Sobre Angelica Weise

Jornalista freelancer. Mestranda na UFSM. Escreve sobre os mais diversos assuntos e ama seus pets.

Veja também

Como viajar com animais de estimação

Para que você saiba mais sobre como viajar com animais de estimação, entenda que esse …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *