Notícias quentes
Página Principal / Cuidados e Saúde / Cachorros carentes: como tratar?

Cachorros carentes: como tratar?

Você já deve saber que os cachorros são muito apegados aos seus donos. Quando eles passam muito tempo longe de seus donos, e ainda sozinhos podem até fica doentes, tamanha a saudade que eles sentem.

Entretanto, é preciso distinguir essa saudade que é normal eles sentirem quando estão longe dos seus donos, de uma carência. Continue lendo o texto para saber mais a respeito.

cachorro-carente

Cachorros carentes

Cachorros carentes são aqueles cães que ficam chorando em casa, não interagem e só se sentem bem ao lado de seus donos. A carência ainda pode ser também tédio. Eles precisam frequentemente de atenção, senão se isolam e ficam tristes. Ou seja, a solidão que sentem começa a se transformar em problemas para o animal.

Em muitos casos, a carência é tanta que até perto dos seus donos, eles sentem um vazio e são capazes de desenvolver depressão. A carência de um cachorro precisa ser tratada.

Alguns sinais de carência é não comer se ficar sozinho, emagrecer, pelos começarem a perder a coloração e aparecimento de doenças oportunistas.

E se o seu animal nunca foi assim, a principal dica é tentar investigar o surgimento de sua carência. Houve mudança brusca de ambiente? Nascimento de um filho? Viagens longas? Todas essas questões devem ser investigadas para você compreender o porque da carência do seu cachorro.

Como tratar a carência?

A carência nos animais pode ser tratada com muito amor e carinho. Afinal, já não dizem os grandes mestres que o amor cura? E não é diferente com os animais. Quando eles se sentem amados e protegidos são capazes de sair da carência.

Claro que toda investigação física de saúde deve ser feita, mas as brincadeiras, os momentos de alegria e boa companhia para os cachorros são importantes e ajudam ele a sentir bem, e assim mais forte.

Uma boa dica pode ser conseguir um irmãozinho para ele. Tendo companhia o tempo todo, ele terá com quem brincar e se soltar, mantendo-se alegre.

Não despreze um cachorro carente. Uma carência não tratada pode virar depressão. Tente brincar com ele, comprar sua comida favorita, sair para passear e não deixe de consultar um médico veterinário para o profissional examinar a fundo o que pode ser. Existem também algumas raças de cachorros que são mais propensos a serem carentes. Se você é do tipo de dono que viaja muito ou fica muito tempo fora de casa, verifique quais raças são mais adequadas de acordo com o seu perfil.

 

Sobre Angelica Weise

Jornalista freelancer. Mestranda na UFSM. Escreve sobre os mais diversos assuntos e ama seus pets.

Veja também

Como viajar com animais de estimação

Para que você saiba mais sobre como viajar com animais de estimação, entenda que esse …

2 Comentários

  1. Maria Júlia Araújo Lopes

    Oi Angélica, tudo bem? Desde pequeno meu cachorro foi muito apegado tanto a mim quanto aos meus familiares, com o passar do tempo ele foi ficando mais apegado e agora estou preocupada. Quando alguém sai, mesmo que os outros estejam em casa, ele chora muito e late, arranha o portão e depois de muito tempo para. Um dia a gente levou ele pra brincar com o cachorro da minha tia que ele brinca desde pequeno e quando chegamos lá ele ficou 10min interagindo e depois começou a chorar. Você acha que é um comportamento normal ou é carência?

    • Olá Maria Júlia! Tudo bem com você? Olha o melhor é você conversar com o veterinário do seu cachorro para ele averiguar se não tem outro motivo por trás. Realmente os cachorros são mais carentes, sentem falta do dono, mas vocês não podem se sentir culpados por isso. A dica é quando voltarem para casa dar atenção e carinho, e brincar muito com ele. Sempre quando forem sair, expliquem pra ele que estão saindo, mas que irão retornar! Boa sorte!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *