Notícias quentes
Página Principal / Cuidados e Saúde / Infecção urinária nos gatos: por que é tão comum?

Infecção urinária nos gatos: por que é tão comum?

Um dos problemas de saúde recorrentes infecção urinária nos gatos e quando não tratada pode levar a morte do gato. Se você perceber que seu gato vai com frequência urinar e urina muito pouco é sinal de infecção urinária. Você sabe do que se trata?

A infecção urinária nos gatos ocorre normalmente em gatos jovens que tem idade de 2 a 6 anos. Outras questões comuns são: excesso de peso, pouco consumo de água, estresse, mudança de rotina e ambiente, e ainda a ausência do dono pode ajudar a aumentar as chances de infecção urinária junto com excesso de sal na ração. Os machos castrados estão em maior risco de desenvolver obstruções na uretra. Outros sinais que devem ser observados quando os gatos podem estar com infecção urinária são os seguintes:

  • Dificuldade em urinar;
  • Tentativas frequentes de urinar;
  • Urina com sangue ou até mesmo fora da caixa;
  • Mudança de comportamento;
  • Vômitos e debilidade;
  • Urinar em locais inadequados;

cat-323262_1280

Quando observar um destes comportamentos aconselha-se levá-lo imediatamente ao veterinário. Pois quanto mais cedo for diagnosticado, melhores as chances de sobrevivência. Se o canal urinário estiver obstruído ele não conseguirá urinar e se não for levado imediatamente ao veterinário pode morrer em questão de 48 horas.

As dietas baseadas em rações de má qualidade podem também desenvolver o surgimento da cistite nos gatos. Dessa forma, investir em rações de qualidade ajuda a prevenir a infecção urinária em gatos.

Como evitar a infecção urinária nos gatos?

  • Estimular a ingestão de água: sempre deixe potes de água o suficiente para eles tomarem. Se forem mais gatos na casa são necessários mais potes;
  • Alimentação de qualidade: invista em boas rações. Por isso converse com seu veterinário e peça dicas de rações balanceadas com os nutrientes necessários para a sua vitalidade. E cuide para não o alimentar com alimentos humanos;
  • Mudança de rotina brusca: os gatos não gostam de mudança. Alguns chegam a ser muito resistentes a qualquer mudança e com isso podem ficar estressados o que pode desencadear em problemas urinários e outros. Por isso, observe que ações o incomodam;

É necessário cirurgia?

Depende muito do quadro e se ele está com cálculos renais. Quando diagnosticado logo no início da infecção urinária é realizado um tratamento com remédios solicitados pelo veterinário ou especialista, ingestão de água e observar se o gato faz xixi com frequência.

Em muitos casos é realizado a algaliação urinária que consiste na introdução de um cateter no interior da bexiga através da uretra e se isso não for suficiente, os gatos são submetidos á cirurgia para remover os cálculos urinários e dependendo do caso, podem não resistir. Desta forma é importante prestar atenção aos sinais e não deixar o quadro de infecção urinária avançar.

Com o avanço da medicina hoje já existem dietas balanceadas para os gatos para que não ocorra a infecção urinária e um médico veterinário poderá receitar essa dieta. De qualquer forma em caso de dúvida leve seu gatinho e faça um exame de urina e cuide sempre com as rações!

 

Fonte das imagens: pixabay.com

Sobre Angelica Weise

Jornalista freelancer. Mestranda na UFSM. Escreve sobre os mais diversos assuntos e ama seus pets.

Veja também

Adoro Patas Gatos

Como alimentar seu gato

Os gatos são animais carnívoros. Isso significa que eles precisam de uma fonte de proteína …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *