Notícias quentes
Página Principal / Cuidados e Saúde / Problemas com os ouvidos dos cachorros: veterinária esclarece dúvidas mais comuns!

Problemas com os ouvidos dos cachorros: veterinária esclarece dúvidas mais comuns!

Uma das doenças bem comuns em cachorros é a Otite. É para saber se o cachorro possui a doença, basta ficar atento se ele fica coçando muito os ouvidos, sacudindo a cabeça, ou até mesmo chorando quando coça. Quase não há dúvidas de que ela possa estar com Otite. Para saber mais a respeito da doença, conversamos com a médica veterinária Emanuelle Cristina Bergamasco da Ab Araujo Produtos Veterinários que nos esclareceu a respeito da doença.

Os principais sintomas de Otite: segundo a médica veterinária, aqueles cachorros que começam a apresentar problemas nos ouvidos, normalmente choram, ficam com a cabeça tombada, coçam muito o ouvido. Esse o indicativo que tem alguma coisa de errado e que pode ser otite.

Tipos de Otite: as otites podem ser bacterianas, de fungos ou parasitárias.  Pra cada uma delas tem um tipo de tratamento. Normalmente quando o animal tem otite, a secreção pode mudar de cor, existem cores diferentes. Cores mais escuras, mais para o preto, marrom, ou amarelada.

O que pode causar otite? Ela pode ser decorrente de excesso de umidade, quando as pessoas dão banho e deixam entrar líquido dentro do ouvido e não secam direito. O ideal é que o animal seja levado ao veterinário, para que ele olhe essa secreção e possa diferenciar qual é o tipo de otite e orientar corretamente a forma de fazer a limpeza.

O proprietário pode fazer a limpeza do ouvido? A médica veterinária não recomenda utilizar o  cotonete nesse tipo de doença para fazer  a limpeza do ouvido do cachorro, porque neste momento o proprietário pode acabar agravando este tipo de problema. E durante o exame clínico o veterinário também vai examinar se não tem um problema mais severo, por exemplo, a perfuração do tímpano, por isso o proprietário não deve limpar o ouvido do cachorro sem orientação do veterinário. O veterinário vai orientar ele da melhor forma possível pra poder retirar a secreção.

Tratamentos para otite: Hoje os tratamentos de otite demoram com o quanto o animal já apresentou a doença. A otite pode ser aguda, ou seja, o animal teve otite uma vez na vida, ou ela pode ser crônica, aqueles animais que tem, ou seja, vai e volta. Então nestes casos é sempre orientado a fazer o exame otológico, e ver se o remédio usado é realmente eficaz para aquele tipo de agente que ta dentro do ouvido do animal.

Otite: cada vez mais comum: segundo a veterinária, é um grande problema nas clínicas as otites. Isso porque que elas têm aumentado cada vez mais. Muitas vezes o animal tem resistência à medicação, às vezes o proprietário para o tratamento antes, usa a medicação errada e isso vai se agravando. Por isso, está cada vez mais difícil tratar otite, ficando crônicas, por erro no tratamento.

Como evitar a otite: as infecções de ouvidos podem ser evitadas no banho semanal dos pets, tem que cuidar para esse ouvido não ficar úmido, pra não entrar água e ficar excesso de umidade ali, e se for o caso das outras otites elas podem ter origem primária ou secundária. Então isso precisa ser investigado. Então fica difícil de dizer como isso deve ser evitado. Por que se for secundária, por exemplo, se tem sarna no corpo, pode desencadear em sarna no ouvido, então ela será secundária e se previne evitando sarna no corpo.

Prevenção: A questão de prevenção é bem complicada. Mas o proprietário pode evitar que o ouvido fique úmido, pra evitar as otites decorrentes do excesso de umidade, as outras é fazer a manutenção da saúde do animal. Evitar tirar o pelinho do ouvido do cachorro, isso agride e irrita.

Para saber mais de produtos,  acesse:

Recado importante: leve o animal ao médico veterinário para que ele possa fazer os exames e assim diagnosticar o melhor tratamento.

Sobre Angelica Weise

Jornalista freelancer. Mestranda na UFSM. Escreve sobre os mais diversos assuntos e ama seus pets.

Veja também

animais na gravidez

Animais de estimação na gravidez! Quais os cuidados?

É comum dúvidas a respeito dos animais de estimação na gravidez! Quais os cuidados? Será …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *